Remoção do Condensado do Ar Comprimido

Medidas para Lidar com Alta Umidade

Tipos de Purgadores de Ar

Este tutorial é mais como uma “Teoria Sobre o Ar” do que uma “Teoria Sobre o Vapor”.

Em algumas áreas, durante certas épocas do ano, os níveis de umidade podem ser muito altos. Dependendo do desempenho do secador de ar que está sendo usado com o compressor, em alguns casos o ar comprimido pode conter grandes quantias de condensado. O condensado forma ar interno quando a temperatura do ar é resfriada abaixo do ponto de condensação. Purgadores de ar são usados para remover o condensado da tubulação de ar. Eles são de dois tipos – tipos em linha instalados diretamente na tubulação de transporte de ar, e tipos instalados em ramais dos quais o condensado é removido conforme flui para dentro dos purgadores. Purgadores de ar instalados em linha são usados em combinação com um separador, ou um purgador com um separador embutido pode ser selecionado.

Separadores usam um mecanismo do tipo ciclônico ou uma placa defletora para separar de maneira forçada o condensado suspenso do ar. Também há secadores que removem o condensado quimicamente das extremidades com baixo fluxo, tais como os do ar usado para instrumentação. Com purgadores de ar, frequentemente há uma grande quantidade de sujeita como ferrugem e resíduos causados pela corrosão presente dentro da tubulação, e são frequentes os problemas decorrentes do entupimento do purgador. Em tais pontos da tubulação, é recomendada a instalação de purgadores com grandes orifícios e um recurso auto-limpante para a limpeza da sede do purgador a cada vez que o purgador entra em operação. Um separador ciclônico em linha que alcança uma eficiência de separação de 98% também é recomendado para a remoção do condensado suspenso que é tão difícil de remover do ar.

Separador Ciclônico

O separador ciclônico usa um princípio operacional em que o vapor ou o ar é girado em altas temperaturas e a força centrífuga resultante separa o condensado devido à sua maior gravidade específica.

As gotículas de condensado são separadas com uma eficiência de separação de 98% (a uma fluxo de vapor ou ar de 30 m/s.

O separador é construído de tal forma que após o condensado ser separado, ele não se mistura mais com o vapor ou com o ar, mas ao invés disso, cai na seção do purgador e é removido do sistema.